domingo, 31 de maio de 2015

Porque às vezes...é só o que importa...é o que dá sentido à vida!!!


«Muitas vezes basta ser: colo que acolhe, braço que envolve, palavra que conforta, silêncio que respeita, alegria que contagia, lágrima que corre, olhar que acaricia, desejo que sacia, amor que promove. E isso não é coisa de outro mundo, é o que dá sentido à vida. É o que faz com que ela não seja nem curta, nem longa demais, mas que seja intensa, verdadeira, pura enquanto durar. 
Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.»
Cora Carolina

terça-feira, 26 de maio de 2015

Todos os dias penso nisto...


...se bem, que haja dias em que parece que o mundo conspira contra nós, mas mesmo assim... eu continuo a pensar que devemos viver um dia de cada vez, aproveitar o que esse dia nos dá, resolver o que aparece nesse dia... e depois amanhã é outro dia!!!


Nem sempre dos fortes reza a história...


segunda-feira, 25 de maio de 2015

O melhor da vida é de graça!!!


"Eu penso que as melhores coisas da vida, são de graça: Um sorriso, um abraço, um olhar, um carinho, uma amizade, uma palavra, uma atitude, o vento no rosto, cheiro de terra molhada, a beleza de uma flor, o luz do sol e o brilho da lua.
E por serem de graça, muitas vezes passamos pelos caminhos da vida com tanta pressa, que não paramos para reparar nessas coisas, por isso, vamos caminhar devagar, o importante não é chegar primeiro, mas sim chegar, quem anda com pressa não repara ao redor, mas quem anda devagar, tem o privilégio de admirar, de sentir, de tocar e de viver as melhores coisas da vida, assim a caminhada será mais leve e chegaremos lá, com a certeza de que pelo caminho tivemos o cuidado de Deus nos proporcionando lindas surpresas enquanto caminhávamos." 
[Yla Fernandes]

sábado, 23 de maio de 2015

Na mesa de cabeceira...


...está este livro... oferta de uma amiga muito querida. É claro que já o comecei a ler, até porque tinha imensa curiosidade em ler o livro na integra, pois só conhecia partes, algumas das quais já partilhei aqui, aqui, aqui, aqui,  e aqui. Sei que é uma leitura muito diferente das que costumo fazer, nada romance, nem drama, mas gosto da maneira como este autor português escreve e sei que vou adorar...aliás já estou...


Bom dia!!!

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Um abraço especial...


Diz que hoje é o dia do abraço, nem me apercebi de tão ocupada que ando, até que recebo o mais doce e inesperado abraço... da minha amiga July... doce porque de facto soube tão bem e inesperado porque, esta minha amiga é a pessoa mais distraída que conheço e fiquei mesmo surpreendida por ela se lembrar e eu não!!!! Simplesmente adorei, fiquei estarrecida e muito feliz... Esta é uma amiga muito especial, que vi crescer tanto pessoal como profissionalmente. Fiquei a conhecê-la quando fui orientadora dela no último estágio antes de acabar o curso, depois tornamos-nos colegas de serviço e ao longo dos anos, amigas. Daquelas amizades que mesmo agora, que já não trabalhamos juntas, o tempo reforça... já passamos por muito, tanto na nossa vida pessoal como profissional e estivemos sempre juntas, muitas vez à distancia de um telefonema, mas sempre lá ao pé uma da outra...tenho imenso orgulho dela, na pessoa que se tornou, na mãe dedicada e carinhosa e principalmente na excelente profissional que é. Por isso, neste dia do abraço, um abraço a todos os meus amigos, em especial a esta amiga...


quinta-feira, 21 de maio de 2015

Inexplicável!!!


Como é possível, o amor tornar-se maior do que qualquer razão, como conseguimos decorar todos os sorrisos e olhares de quem amamos, quando os problemas se dissolvem em carinho. Quando se toca o coração com palavras e nos sentimos tão perto, mas tão perto que sentimos que somos capazes do impossível.. O amor tem dessas coisas e quem disse que com o tempo acalma? É um facto que muda, torna-se mais maduro...capaz de conquistar tudo, vencer e lutar e principalmente aceitar as diferenças do outro e ainda assim amar...assim é o amor, este sentimento tão inexplicável, mas ao mesmo tempo tão belo.

Nem acredito...

... que já não venho aqui há uma semana. Já não repouso o meu corpo há quase 8 dias. Entre turnos, orientação de alunos e ainda coordenar horários para estar com a família, sobra muito pouco para escrever. E ando tãoooo cansada que, tenho alturas em que acho que vou adormecer em qualquer canto.


Mas agora as coisas estão mais calmas e espero poder voltar a partilhar as minhas reflexões de novo com vocês.

quarta-feira, 6 de maio de 2015

A bem ou a mal...


"E um dia abrimos os olhos. Há sempre um dia. A bem ou a mal. Muitas vezes é a mal. A sangue e lágrimas. Com uma lâmina ferrugenta que nos perfura as pálpebras e nos força a encarar o que recusámos enfrentar. E não há volta a dar. A partir do segundo que as nossas pupilas são expostas à dolorosa realidade, não mais as conseguiremos tapar. E ainda bem. É verdade que há um lado em mim que gostaria de voltar à doce inocência de tempos mais antigos. Mas gosto muito da mulher que emergiu, e continua a emergir, dos buracos e lombas que encontrei pelo caminho." [Crimes Perfeitos]

domingo, 3 de maio de 2015

Linda!!!


bOa NoItE....

Adoro-te...mamy!!!

"Eu adorava estar doente com a minha mãe, talvez não a vomitar ou a sentir-me verdadeiramente mal, mas num estado de convalescença gradual. Adorava ficar deitada na cama especial e sentir na testa a mão que ela depois subia para os meus cabelos húmidos de suor para ver a febre. Adorava sentir as pernas dela a moverem-se perto de mim, ouvir a voz dela adoptar essa entoação especial destinada aos inválidos, terna e musical, que me fazia querer continuar doente, deitada para sempre no pequeno colchão, pálida, Romântica e patética, metade eu, metade actriz desfalecida, mas sempre seguramente orbitada pela minha mãe."
in Siri Hustvedt, «Verão sem homens».



...às vezes lemos coisas que nos transportam para outros tempos... colinho de mãe sabe sempre bem...não importa a idade!!!

sábado, 2 de maio de 2015

bOm DiA!!!!


"Qualquer um pode zangar-se: isso é fácil. Mas zangar-se com a pessoa certa, na medida certa, na hora certa, pelo motivo certo e da maneira certa, não é fácil. Nada fácil."


ARISTÓTELES, Ética a Nicômaco

sexta-feira, 1 de maio de 2015

E porque em certos dias é mesmo isto...

"Irritam-me os falsos amigos. Aqueles que sorriem connosco quando tudo está bem e que, num passo de magia, teimam em desaparecer quando as coisas dão para o torto. Irritam-me os complôs e os mexericos que se vão multiplicando de boca em boca. Irritam-me as pessoas que inventam histórias da carochinha sobre tudo e sobre todos. Há quem nos julgue à distância e nos transforme num herói, ou num vilão. É engraçado como temos a tendência suicida de julgar tudo na vida. Não deixamos acontecer porque tem de acontecer. Não deixamos ser porque tem de ser. Julgamo-nos a nós e aos outros, como se tudo na vida necessitasse de um julgamento. Julgamos e somos julgados. Mas, no final das contas, nunca somos tão maus como nos pintam, nem tão bons como imaginamos. Ou vice-versa. Há cinismos que nos corroem devagarinho como um ácido. Há os vampiros das amizades e toda uma cambada de seres fantásticos que vivem das desgraças alheias. Uma escória de camaleões que jogam com todas as cores. Não sei qual o motor que os move, nem por que razão são como são, mas acredito na infalibilidade da terceira lei de Newton: uma acção está sempre sujeita a uma reacção oposta de igual intensidade." 

[PedRodrigues]


Sabem aqueles dias, em que parece que as pessoas só tem maldade em tudo o que dizem ou fazem...hoje foi um desses dias. Não consigo suportar certas atitudes de mesquinhez e inveja, o sucesso de alguns perturba muitos, principalmente aqueles que nunca se esforçam, mas cobiçam o que os outros realizam. Enfim...gentinha... desisto de tentar achar que todas as pessoas tem um lado bom...em definitivo, existem pessoas que não tem nada de bom... e dessas, eu quero distância!!!!

Coisas a mudar...


...a maior parte das vezes, preocupo-me demais com os outros. O que nem sempre é bom...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers

Leitores do Blogue

O seu a seu dono!!!

As fotos aqui contidas são retiradas da internet e algumas são trabalhadas por mim.

Se é dono de alguma imagem, por favor, mande-me um e-mail (aparece nos dados do meu perfil) para que eu possa colocar as devidas referências ou excluí-las se for a solicitação.

Não há qualquer motivação aqui de ganho, por isto os direitos de autor serão respeitados.