quinta-feira, 30 de abril de 2015

Apesar de tudo amar!!!


"Apesar de tudo amar. Apesar de tudo viver. Apesar de tudo sentir. Apesar de tudo arriscar. Querer apesar de tudo. Crer apesar de tudo. Insistir apesar de tudo. Ser apesar de tudo. Ir apesar de tudo. Apesar de tudo é o melhor conselho que alguém pode dar a alguém. Por mais coisas que nos faltem na vida há tantas coisas que não nos faltam na vida apesar de tudo."
"In Sexus Veritas", de Pedro Chagas Freitas

Bom dia :))))


quarta-feira, 29 de abril de 2015

Doação de cabelo...


Recentemente, 2 colegas resolveram cortar os seus longos cabelos e doá-los para uma causa nobre. Estes cabelos doados, são depois transformados em cabeleiras para doentes com cancro. Só tomei conhecimento que se podia doar cabelo, quando uma delas apareceu no serviço com um novo look e explicou o que tinha feito. Tenho pena de ter um pelo de rato que não dá para deixar crescer o suficiente para poder doar, mas admiro muito quem o faz e  como dizia alguém (...) É como dar sangue, não custa nada e pode fazer a diferença na vida de alguém”.

Para quem trabalha na área da saúde, sabe como é importante para um doente e principalmente para os doentes com cancro sentirem-se bem com a sua imagem. Já é difícil lutar contra a doença, mais difícil se torna quando os efeitos secundários dos tratamentos, alteram a sua imagem e consequentemente a sua auto-estima. Por isso se, com um simples gesto, como cortar o cabelo, podemos fazer alguém feliz, então força, o cabelo lá cresce outra vez e mudar de visual até é giro. 

Para doar o cabelo basta que o dito preencha alguns requisitos:

* O cabelo tem de ir num rabo-de-cavalo ou em trança

* O pedaço de cabelo tem de ter um mínimo de 25cm ou 30cm (já li as duas medidas mas penso que a mais recente seja de 30cm)

* Não pode ter tintas ou restos de coloração

* Não pode estar (muito) estragado/seco/espigado

O cabelo pode ser entregue em mão no IPO de Lisboa, que também dispõe de cabeleireiro que pode fazer o corte no local, ou ser enviado por correio (protegido dentro de um saco de plástico) para a morada da Liga Portuguesa Contra o Cancro: Rua de Lima Bastos 1099 023 Lisboa.

terça-feira, 28 de abril de 2015

A 5ª doença...

...ou Eritema infeccioso ou Doença da "Bofetada" é segundo o Manual Merck: "(...)provocada pelo parvovírus humano B19 e costuma surgir durante a Primavera. Uma criança com Eritema infeccioso costuma ter pouca febre, só se sente ligeiramente doente e tem as bochechas vermelhas ao ponto de parecer que lhe deram uma bofetada. Ao fim de um dia ou dois aparece a erupção, sobretudo nos braços, nas pernas e no tronco, mas normalmente não nas palmas das mãos nem na planta dos pés. Não provoca comichão (prurido) e são como manchas vermelhas elevadas que formam uma espécie de filigrana, sobretudo nas áreas dos braços que não estão cobertas pela roupa, porque a erupção pode piorar se for exposta à luz solar." 

E é isto... a criança mais nova cá de casa, foi subitamente acometida por esta maleita. Benigna é certo, mas contagiosa como todas as doenças infantis...por isso está de castigo em casa...e a mãe também!!!

Vamos lá dotar-nos de anti-histaminicos, anti-piréticos e uma boa dose de paciência...

segunda-feira, 27 de abril de 2015

É o que não conseguimos ser que nos faz ser o que somos!!!



"É tão humano o que somos. E é isso o amor, só pode ser isso o amor: algo tão humano que pode acabar, tão humano que pode magoar, tão humano que pode errar. Somos feitos da massa do erro, da massa do falível. É com as fendas que construímos a casa, é com as lágrimas que construímos o que nos protege da água. Sabemos que nos falta tanto para sermos perfeitos e que é assim que nos sentimos imaculados: um do outro como um e o outro das insuficiências. 
É o que não conseguimos ser que nos faz ser o que somos." 

in Prometo Falhar (Pedro Chagas Freitas) *

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Ainda os livros!!!


"Uma das muitas coisas que adoro em relação aos livros encadernados é a sua pura existência física. Os livros electrónicos vivem longe da vista e do coração, mas os livros impressos possuem corporalidade, presença".
Will Schwabe, Os livros do final da tua vida.


Digam lá o que disserem, os livros encadernados tem um encanto que os livros electrónicos, nunca terão. Já tentei, a sério que já tentei, mas não consigo substituir os livros impressos pelos electrónicos. Para mim, são intemporais...até porque volta meia volta, gosto de percorrer as prateleiras da minha biblioteca e reler um livro, que li numa outra época. Cada um gosta do que gosta e eu gosto de livros...impressos!!!

quinta-feira, 23 de abril de 2015

O meu Livro!!!

Hoje, dia mundial do livro, quero lançar um desafio... nem sei se lhe posso chamar desafio... é mais uma partilha... 

Gostava que cada um falasse um pouco sobre um livro que tenha lido e que de alguma forma o tenha marcado. 


Não posso precisar ao certo quando surgiu esta paixão por ler, lembro-me que a minha mãe andava sempre acompanhada por um livro. Talvez tenha sido o que mais influenciou o meu gosto pela leitura e eu própria ando sempre com um livro.

Dia Mundial do Livro!!!



quarta-feira, 22 de abril de 2015

:)))))


"Se não ficares perdida sempre que estás sem a pessoa que amas, nem que seja uns simples segundos, desiste de amar, porque, ficas a saber, quando se ama apenas se está no lugar certo quando se está no lugar onde está quem amas." in Prometo Falhar (Pedro Chagas Freitas)

Bom dia!!!!


terça-feira, 21 de abril de 2015

Já passaram 4 meses...avozinho!!!


“É difícil quando você sente falta das pessoas. Mas sabe, se sente falta delas, quer dizer que foi sortudo. Quer dizer que teve alguém especial na sua vida, alguém que vale a pena sentir falta.” in One Tree Hill

Desapegar é preciso!!!


Sei que por vezes é difícil... desapegar das roupas velhas, mas que não servem mais, dos amores passados, das amigas falsas... mas sabem??? É preciso deixar ir, e afinal já vai tarde, seja a roupa que ocupa o armário, seja a amiga que afinal nunca o foi!!! Nas nossas vidas temos muitos instantes felizes e inesquecíveis, mas que muitas vezes, são passageiros...necessários para que possamos aprender, crescer e principalmente aprender a errar. Porque quando chegar o momento...a vida não permite erros...



domingo, 19 de abril de 2015

Todos os dias...


"Preciso de correr o risco de estar viva."
(Paulo Coelho, in Veronika decide morrer)

sábado, 18 de abril de 2015

A não esquecer!!!!


Uma imagem, 140 caracteres

Amor de verão!!



Naquela Vila se conheceram, se amaram e sonharam.
O destino os separou.
A lembrança daquele amor de verão,

Ficará para sempre no seu coração!!!

Sissi

Esta é a minha participação para "Uma imagem, 140 caracteres" iniciativa dos blogshttp://meusdevaneiosescritos.blogspot.com.br/ e http://www.devaneiosedesvarios.com/

quarta-feira, 15 de abril de 2015

...é preciso estar muito perturbado para fazer algo assim...

Nestes últimos tempos temos ouvido noticias de pais que maltratam os filhos até à morte. Segundo os especialistas referidos neste artigo do Jornal i "...é preciso estar muito perturbado para fazer algo assim... Qualquer pessoa pode ter problemas emocionais sérios que perante um gatilho, ou o álcool, que funciona como desinibidor, vêm ao de cima, como o verniz que estala."... 


Pois querem saber a minha opinião?? Procura-se sempre justificação, ou porque são doentes, ou porque são alcoólicos, ou porque estão desempregados, ou porque... a sociedade tenta sempre justificar a existência destes monstros. Para mim é simplesmente maldade, como já falei aqui num outro contexto. A maldade humana demonstrada por estas pessoas, vai muito além daquilo que posso aceitar como sendo originado por perturbações psíquicas ou dependência de substâncias. Quando se mata um filho como acto de vingança, porque a sua companheira querer a separação, não é ser perturbado, é ser mau. Tinha o intuito de magoar e destruir. É lamentável que as crianças continuem a ser as vitimas da maldade dos adultos.  

Happy Birthday!!!!


Faz hoje 3 anos que embarquei nesta aventura de ter um blog. Este meu cantinho conta com inúmeros amigos, tendo-se tornado num espaço de partilha e convívio, que superou as minhas expectativas iniciais. A todos os que por aqui passam agradeço as visitas e é sempre com alegria que os recebo nesta minha humilde casa. 

Muito obrigado!!!

terça-feira, 14 de abril de 2015

Sorte


Para tudo na vida é preciso sorte!!


O que é a sorte?

Sorte é um substantivo que pode significar destino, fado ou acontecimento casual, que pode ser bom ou mau. A palavra sorte pode ter significados diferentes, usados em diversos contextos.

Penso que a sorte, boa ou má, cada um de nós é que a faz. Se bem que existem coisas que não dependem totalmente de nós. Mas o grosso dos acontecimentos que surgem na nossa vida, dependem muito da maneira como encaramos esses mesmos acontecimentos. 

Existem várias expressões com a palavra sorte:

Por sorte - Quando alguém ou alguma coisa é escolhida de forma aleatória.

Sorte grande - Descreve o maior prémio da loteria.

Boa sorte - Expressão usada quando alguém deseja que uma ação de outra pessoa ocorra de forma favorável.

Maldita sorte - Quando uma pessoa passou por uma experiência desagradável.

Sorte no amor - Usada quando alguém encontra a sua alma gêmea, alguém capaz de proporcionar felicidade de forma única.

Homem / Mulher de sorte - Expressão que serve para descrever uma pessoa que vive uma situação favorável em alguma área da sua vida.

O trevo de quatro folhas é um dos símbolos mais famosos da sorte. Existem outros como a pata de coelho ou ferradura. A utilização de amuletos da sorte é um hábito bastante comum para o ser humano, que teve a sua origem há muitos séculos atrás. Estes amuletos estão envolvidos em superstição.

Um dos tipos de sorte mais apreciado é a sorte em jogos, como euromilhões, lotaria ou jogos de casino, onde é possível ganhar dinheiro, se tivermos a "sorte do nosso lado".

Para participar nesta brincadeira, clique na imagem.


quarta-feira, 8 de abril de 2015

O prometido...

Andava o Instituto do mar e atmosfera, ameaçar com chuva há já uns dias...


...pronto...chegou...em todo o seu esplendor...agora vamos ver quanto tempo vai durar...

...



A vida sempre te oferece uma nova chance. Isso se chama amanhecer.(A.D.)

terça-feira, 7 de abril de 2015

Era mesmo isto que me estava apetecer...


...mas como não podemos ter tudo o que queremos, fico-me pelo desejo...hoje acabam-se as férias e logo volto à rotina dos turnos... mas lá que me apetecia, ficar sentada à beira mar... apetecia...se apetecia!!!!

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Comecemos a semana com este pensamento...


"Quem cultiva esperança colhe felicidade. 
A paz começa dentro, o mundo é só espelho". 

[Vitor Ávila]



domingo, 5 de abril de 2015

E assim se passou a Páscoa!!!

Começamos com um dia radioso, cheio de sol e calor. No céu cruzam fogos que anunciam a chegada do compasso da Páscoa. À nossa volta um manto de flores...

20150405_123948

Páscoa!!!


Dizem que este é uma época de alegria e não de tristeza, é um tempo de conversão...o mais que não seja, conversão do meu olhar, pela forma como encaro a minha vida, de quem me rodeia e é próximo... é descobrir a cada passo de dou, uma força e uma vontade de férrea de mais e melhor...
Boa Páscoa!!!



sábado, 4 de abril de 2015

Mais uma receita de Páscoa

Outro dos manjares presentes na nossa mesa pascal, é o Pão-de-ló húmido. É tão fácil, tão fácil de fazer, que quase se podia fazer todos os dias, não fosse pelas calorias que tem :))). É um verdadeiro pecado!!!



Pão-de-ló húmido



Ingredientes:

6 gemas + 2 ovos inteiros
8 colheres de sopa de açúcar
4 c. de sopa de farinha
1 c. de sopa de água
1 c. de café de fermento Royal

Num recipiente deitar os ovos, as gemas e o açúcar e bater bem até ficar um creme esbranquiçado. A meio, deitar a água.
Juntar a farinha e o fermento e envolver bem, sem bater muito.
- Numa forma de cerca de 22 cm, untar muito bem ou forrar com papel vegetal e deitar o preparado dentro. Vai ao forno a 200º, cerca de 7 ou 8 minutos.
Deve cozer só dos lados e ficar crú no meio.
Bom apetite!!!

Ainda as tradições da Páscoa

A propósito desta reflexão, aproveito para partilhar uma das receitas que, pelo menos, cá por casa não podem faltar na mesa pascal, folar salgado.

Este ano fiz o folar salgado e já está guardado para oferecer aos sogros, pois a Páscoa habitualmente é passada em casa deles. Vou partilhar a receita que usei, a foto não é minha, pois o meu folar ainda não foi estreado. Depois mostro o meu :)


Folar Salgado:

Ingredientes:


500 g de massa de pão de compra ; 150 g de presunto ; 150 g de toucinho ; 1 salpicão ; 1 dl de azeite ; 3 colheres (sopa) de banha ; 6 ovos ; Farinha q.b. ; Gema batida para pincelar ; Banha para untar

Preparação:


Deite a massa de pão para uma tigela, junte-lhe os ovos, o azeite, a banha e uma pitada de sal e misture muito bem. Deite depois para cima da mesa e vá juntando a farinha necessária mexendo bem até ficar com a textura de massa de pão. 
Trabalhe bem a massa até se descolar da mesa e das mãos, faça uma bola e coloque-a dentro de uma tigela polvilhada com farinha. Cubra com um pano e deixe levedar até duplicar o volume. 
Corte a vitela, o presunto, o toucinho e o salpicão em pedacinhos. Barre uma forma alta com banha. 
Deite de novo a massa em cima da mesa, trabalhe-a mais um pouco e divida-a em três partes, sendo que uma das partes deve ser maior. Forre a forma com essa parte maior, disponha metade das carnes, cubra com outra parte da massa, junte o resto da carne e cubra com a terceira parte massa. Feche bem os bordos e deixe levedar durante 1 hora em local aquecido. 
Ligue o forno a 200 graus. Pincele a massa com gema de ovo e leve ao forno durante aproximadamente 50 minutos. Depois retire, deixe arrefecer, desenforme e sirva morno ou frio.


Bom Apetite!!!!!

sexta-feira, 3 de abril de 2015

Arte em livros :)))


Começou antes de ter começado...


"Quando é que isto começou?

Isto o quê?

Isto.

O amor?

Sim, o amor.

O amor?

Sim, pode ser isso. Quando é que o amor começou?

Começou antes de ter começado. Um pouco antes. Nenhum deles soube quando começou. Só se sabe como é depois de já ter começado. Nem se sabe o que é, sabe-se só que já começou.

E depois?

E depois não acaba quando devia acabar. Dura mais tempo. O coração bate mais tempo. Não há maneira de parar o coração.

E então?

E então é assim. Não há muito que se possa fazer. É mais do que suficiente. Tem de se aguentar. Todo o tempo que durar. Sem nunca saber, do principio ou do fim, pode-se esperar.

Pode-se esperar?

Sim. Pode-se esperar. Sem saber o que se espera. É esse o verdadeiro esperar. Ninguém pode adivinhar o que traz o amor.

Pode trazer tudo. O amor é isso tudo que se deve esperar.

Isso é ainda pior.

É. Não saber dizer o que é. Não haver palavras.

O amor não tem nome, forma ou cor. Vem quando quer. Vai quando não se espera que vá. Não se deixa adivinhar. Ninguém tem mão no amor.

E então? O que é que tu queres saber?

Eu gostava de saber.

Eu também gostava de saber. Mas o que sabe é muito pouco. Quase nada.

O amor não começa quando se quer, nem acaba quando se deseja. O amor é forte, destemido, indomável. Se não fosses tu, eu seria outro, dizem-se os amantes: eu quero viver na tua vida. Os amantes adivinham-se sem palavras, olham-se nos olhos à procura, fecham-se em quartos pequeninos. Perdem-se um no outro, agarram-se com toda a força dos dedos e dos braços, beijam-se sobre fundos abismos. O amor sempre mete medo. O medo de vir a faltar, depois de tudo ter prometido. Vai, mas não apanhes nenhum frio, e depois volta. Os amantes regressam quando a luz é pouca a um supremo egoísmo. Eu e tu e mais ninguém. O mundo pode desabar, o mar mudar de cor, a lua cair de repente. Só importa o brilho dos teus olhos e o sangue a bater nas minhas veias. Sabe-se lá o amor.

Fica quieto. Não faças nada. Ama-me mais, de dia e de noite.
O mundo não precisa saber nada disto."

Pedro Paixão, em Muito, meu amor

Depois de um dia atarefado...o descanso!!!


"Nada como um dia após o outro. 
Nada como o silêncio depois do barulho. 
Nada como a paz de repousar na própria pele depois do vendaval. Nada como descansar ao lado da própria companhia. 
Ah, o tempo!" 

[Bibiana Benites]


quinta-feira, 2 de abril de 2015

O folar da Páscoa

Hoje ao dar uma voltinha pelos blogs amigos, apercebi-me como é diferente a tradição pascal de país para para país, região e até aldeia. 

No blog Vivendo e aprendendo, Sileni confeccionou um folar doce e pergunta qual é o significado do ovo na massa. Bem vou tentar explicar, baseado naquilo que ouço por aqui.

Em Portugal, é tradição os padrinhos na Páscoa oferecerem um folar aos afilhados. Antigamente este folar era um pão doce ou salgado, mas ao longo dos tempos esta tradição foi sendo substituída por prendas (dinheiro, roupa, etc.). 

O folar continua a fazer parte da mesa pascal de algumas regiões. Aqui em trás-os-montes é confeccionado em grande parte das aldeias e padarias. 

Dependendo da região do país, os folares ou são doces ou salgados e variam de forma e sobretudo de receita.


Este é o típico da minha região, é salgado, de uma massa de pão, leveda, recheada com carnes fumadas e enchidos.

No caso dos folares doces, e agora respondendo à questão da Sileni, o bolo simboliza o ninho, e os ovos a geração de uma nova vida, fertilidade.
Os ovos que o cobrem são cozidos com casca de cebola para ficarem acastanhados. Estes ovos cozidos, ficam sempre muito mais aromáticos e a massa do bolo que os envolve, fica muito mais macia e húmida.

Quando se oferece um folar a alguém, estamos a desejar felicidade e prosperidade.
Espero ter conseguido responder à questão da Sileni e aproveito para participar na BC Páscoa 2015, do blog da  Jo Turquezza Mundial.


Clique na imagem e saiba como participar.




Sissi

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers

Leitores do Blogue

O seu a seu dono!!!

As fotos aqui contidas são retiradas da internet e algumas são trabalhadas por mim.

Se é dono de alguma imagem, por favor, mande-me um e-mail (aparece nos dados do meu perfil) para que eu possa colocar as devidas referências ou excluí-las se for a solicitação.

Não há qualquer motivação aqui de ganho, por isto os direitos de autor serão respeitados.