terça-feira, 30 de abril de 2013

Quem foi???



Que mandou guardar as botinhas? Os kispos? As camisolas fofas e quentes?
Quem foi?
Agora fazem falta? Está um frio que até dói. Lá vamos nós outra vez acender a lareira!!!
Será possível, que vai ser como o ano passado? Um dia de verão, 3 dias de inverno!  Anda uma pessoa a preparar-se para o bom tempo e é isto! Bolas!!! Estou mesmo danada!!!

O que fazer quando...


Não nos apetece fazer a ponta de um “chavelho” no trabalho e temos que mostrar que estamos muito interessados e empenhados em algo, que não é mais do que coisa nenhuma?

Quando não suportamos alguém e temos que conviver com esse sentimento e com essa pessoa diariamente?

Quando não temos vontade de fazer nada e ficar apenas a “vegetar” ou a fazer algo que nos interessa mais?

Quando não achamos rigorosamente piada nenhuma a uma “piada” e somos “obrigados” a sorrir (pelo menos), porque é socialmente correcto?

Mentimos! Mentimos com os dentes todos e mais aqueles de leite que entretanto a mãe ou guardou para nalguma gaveta, ou engolimos a comer pão com manteiga ou pão com Tulicreme. Quando a nossa preocupação era podermos comer mais um docinho, ou ficarmos mais um pouco acordados após as 21:30, ou não comermos a sopa toda.
Ultimamente tenho sido um pouco mentirosa!

Vamos experimentar????

Tentem no Google procurar "político honesto" e depois cliquem no botão "sinto-me com sorte" e leiam o resultado com atenção.... a sério procurem!!!!

Giro não é?????


Rompimentos...

 
Começo a ficar muito preocupada, pois todos os dias assisto ao romper de relacionamentos em todas as áreas que me rodeiam...trabalho, família, amigos, conhecidos...enfim...e às vezes ponho-me a pensar quando será que esta "virose" irá acabar...Vejo pessoas abandonar os empregos certinhos, para partir em busca de mais oportunidades lá fora. Vejo famílias a separarem-se pelo mesmo motivo. Amigos que se separam, casais, filhos; existe uma fragmentação de tudo aquilo que era perfeito. E aí começa a surgir a dúvida...o futuro é tão incerto. Quando dou por mim, lá está o pensamento a voar... Umas vezes como algo normal, "natural", que faz parte, outras, veste-se de negro e me assombra com incertezas, com dor e com medo. Não duvido das minhas forças para enfrentar as adversidades que se adivinham para todos...Mas, não consigo evitar, a minha mente inunda-se de perguntas e fica tão bloqueada que não encontro respostas, mas no fundo sei que chegado o momento saberei o que fazer...posso não saber agora, mas saberei quando for preciso.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

A cor do amor!!!

 Para todos os meus amigos...

Viver a vida à sua maneira...

Desde sempre que ouço o ditado que diz que um homem deve fazer três coisas na vida, para sua vida estar completa:

-plantar uma árvore;

-ter um filho;

- escrever um livro.


Quando eu era criança, todos os anos participava com a escola na plantação de árvores no parque florestal... Isto conta?? Quanto a ter um filho.. bem.. um não, dois maravilhosos filhos, por isso acho qua já contribui em dose dupla...Sobre escrever um livro...não!! Mas.. escrever no meu Blog  não serve??.. Espero que sim... Bem posto isto, penso que a minha vida está completa...ou não!!!

Pus-me a pensar e achei pouco.. afinal, eu já vivi muita coisa  nos meus 38 anos ...

E então.. achei giro fazer uma lista com tudo o que eu vivi até hoje e confirmar que, se eu não tivesse feito tudo isto.. não teria valido a pena... (não tem ordem, foi como surgiu)

1. Mentir que está doente, só para ficar em casa assistir ao capitulo final de McGyver
2. Brigar com o meu irmão porque não aguento ouvir mais Nirvana...;
3. Cair até aprende a andar de bicicleta e de patins;
4. Fazer bolinhas de papel e "cuspo" para decorar o tecto da sala de aula ;
5. Morrer de medo e vergonha ao dar o primeiro beijo;
6. Passar a noite toda conversando com primas, primos e amigas;
7.Apaixonar-me pela primeira vez e achar que vai morrer de tanto amor;
8. Chorar depois de uma prova;
9. Entrar para a faculdade;
10. Acabar o curso;
11. Fingir dor de dentes e faltar à catequese ;
12. Conquistar seu primeiro emprego e com ele... responsabilidades;
13. Ganhar um sobrinho inesperado e chorar em seu nascimento;
14. Passar horas no telefone com o namorado e as amigas;
15. Ficar um ano sem falar com a melhor amiga por uma razão ridícula;
16. Ouvir 100 vezes a mesma música, alto e bom som;
17. Abraçar a sua amiga enquanto ela acaba de chorar pelo fim do namoro;
18. Acampar com mais 6 amigas
19. Tirar nota baixa na prova e quase chorar outra vez;
20. Cortar o cabelo curto;
21. Apaixonar pela pessoa errada e viver com ela uma história surpreendente;
22. Encontrar velhos amigos;
23. Comprar casa; 
24. Conhecer a pessoa certa e ser feliz;
25. Engravidar do meu primeiro filho;
26. Fazer novos amigos;
27. Casar;
28. Fazer dieta;
29. Tomar banho de chuva;
30. Chorar como uma louca assistindo “As palavras que nunca te direi”;
31. Engravidar da minha filha;
32. Tirar a carta grávida, muito grávida...
33. Deixar crescer o cabelo e fazer permanente;
34. Mudar de serviço;
35. Escrever um blog...
36. Andar de comboio e comer rebuçados da regúa;
37. Comer pirulitos, ganchas, pitos, farturas e todas aquelas coisas que fazem "bem", à alma...
38. O nascimento dos meus filhos;

Olha... 38 itens e duvido que tenha escrito todos os meus “melhores momentos”.. e acho que nunca vou conseguir escrever todos... afinal, se eu demorei 38 anos para escrevê-los na minha história, eu precisaria de muito mais que uma hora para escrevê-los em um post... e muito mais para lembrar todos eles...

Enfim.. a questão é que não é preciso fazer exatamente aquilo que as pessoas acham que deveria fazer.. a vida é sua e faz com ela o que quiser.. cada um escreve a sua história... não deixe de viver cada momento, achando que não é o certo ou o errado.. E aposto que se você começar a relacionar tudo o que já viveu até hoje... com certeza verá que valeu mais a pena do que ter apenas plantado uma árvore, escrito um livro ou ter tido um filho...

Nossa história de vida pode ser preenchida com muito mais...e nunca está completa...

"Sonhe como se fosse viver para sempre, viva como se fosse morrer amanhã."

Bom começo de semana!!!

 

 
 
 
 
 



 


 
 





 







 



                                           A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios.
 Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente,
                    antes que a cortina se feche
e a peça termine sem aplausos.

domingo, 28 de abril de 2013

Ahhh, segunda-feira, NÃO !!!!!!

 
Há um ódio universal pela segunda-feira. Há milhões de mensagens, fotos, piadas sobre este tema, enquanto que a sexta-feira é amada, esperada, desejada. Será que é assim para grande parte das pessoas? Aquelas que têm horários dito normais, sim;  mas para quem como eu trabalha por turnos não há segunda-feira, nem sexta-feira. Bom mesmo é o descanso, que ás vezes lá calha ao fim de semana, e aí sabe mesmo bem. Mas quando é à semana, também é bom, nós em casa e os outros a trabalhar ou na escola... 
Por isso, compreendo que quem trabalha de segunda a sexta, adora o fim de semana. É muito bom ficar em casa sem fazer nada! É uma delícia criar raízes no sofá, ter a sensação de liberdade com o tempo.
"Inércia" segundo o dicionário é falta de ação, preguiça, indolência, torpor. É, também, falta de energia moral ou intelectual. Ou ainda propriedade que têm os corpos de persistir no estado de repouso (ou de movimento) enquanto não intervém uma força que altere esse estado.
O trabalho é a força que altera este estado, que nos coloca em acção, em movimento. Só que lutamos contra isso, não por não gostar do trabalho ou não querer algo melhor, mas porque a nossa natureza tende a falta de movimento. Descansar é bom e necessário, contudo mesmo depois de um fim de semana super relaxante, voltar ao trabalho nem sempre parece interessante.
Isto talvez seja porque trabalhar, agir, fazer coisas exige muito de nós. Exige pensar, exige enfrentar angústias, exige sair do comodismo.  O que não significa que tais acções não valem a pena. Ficar na inércia é bom, mas não possibilita nada de novo e conquistas dão muito trabalho, mas também muito prazer...
Por isso, e apesar que tenho dois "anjinhos" que à segunda-feira quase que tenho de chamar a grua para os tirar da cama, vamos lá...é um dia normal, ou não é???
 

Sempre ou...talvez?!???

Hoje estava aqui a contar à minha filhota,  uma história de princesas e príncipes ...daquelas que terminam sempre da mesma maneira...e viveram felizes para sempre... Quando ela pergunta: mamã o que quer dizer "felizes para sempre", lá lhe expliquei que o príncipe e a princesa ficam juntos, vivem muito felizes e por aí em diante...aquilo que todos sabemos. A rapariga lá se contentou com a resposta, só como estou SEMPRE com os pensamentos a voar, parei para fazer uma breve análise sobre a palavra SEMPRE... Nós  a usamos SEMPRE, já deram conta? Mesmo para dizer algo tão insignificante, pelo menos isso acontece SEMPRE comigo.
 
"Você pode contar  SEMPRE comigo que precisar", "Estaremos SEMPRE a sua disposição", "Volte SEMPRE", "E eles viveram felizes para SEMPRE...".

No dicionário, SEMPRE significa:  A toda a hora, a todo o momento, em todo o tempo.  Constantemente, continuamente, sem cessar.  Contudo, entretanto, no entanto, todavia.  Afinal, enfim. Com efeito, efetivamente.

Engraçado como a mesma palavra pode ser um ponto final e ao mesmo tempo uma vírgula. Afinal, quantas vezes você usa esta palavra para dizer algo efetivamente eterno? SEMPRE ou nunca??

Estou perdida no seu significado. SEMPRE achei que era uma palavra que trazia um final feliz, algo como a eternidade, ou pelo menos um final e pronto, mas não, ela é muito mais que isto...

Ouvi  uma música, não me lembro de quem, que dizia: ".. se lembra quando a gente chegou um dia a acredidtar.. que tudo era para SEMPRE, sem saber que o para SEMPRE, SEMPRE  acaba...".

E se o SEMPRE na verdade for o nunca ou mesmo um talvez, será que isto está certo? Não acredito que os contos de fadas nos enganaram este tempo todo e fizeram um final que talvez não seja: "felizes para SEMPRE ". Pode ser um felizes até depois que eles tiverem dois filhos, ou mesmo até a crise chegar...

Será que o SEMPRE, será sempre uma incerteza??? Acho que vou começá-lo a substituir pelo talvez....

"Este  para SEMPRE significa o quê?
Que uma amizade não é eterna?
Que um amor não é eterno?
Será que os sentimentos são “para sempre”…"

(Autor desconhecido)

Aventura de aprender...

"Os ignorantes, que acham que sabem tudo, privam-se de um dos maiores prazeres da vida: aprender."
(Proverbio popular)
 
“Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende”
(Leonardo da Vinci)
 
 
Aprender é um exercício permanente, que envolve a vida como um todo. Envolve estudar,  desenvolver-se racionalmente, mas também emocionalmente. E nem sempre um anda de mãos dados com o outro. Afinal, quem não conhece pessoas que apesar de super formadas e inteligentes, agem de maneiras bastante inadequadas? Ou o contrário, quem intelectualmente sabe tão pouco e demonstra tanta sabedoria no lidar com a vida.
Tudo depende de como usamos as experiências porque passamos e os estudos que fizemos e principalmente, que ensinamentos tiramos daí... 
 
"Devemos aprender durante toda a vida , sem imaginar que a sabedoria vem com a velhice."
(Platão)
 
"É impossível para um homem aprender aquilo que ele acha que já sabe."
(Epiteto)

Gosto de gente assim...














"Antes de mais nada gosto de gente que vibra,
que não é necessário empurrar,
que não se tem que dizer que faça as coisas
e que sabe o que tem que ser feito
e o faz em menos tempo que o esperado.

Gosto de gente com capacidade de medir as consequências de suas ações.
Gente que não deixa as soluções para a sorte decidir.
Gosto de gente exigente com seu pessoal e consigo mesma,
mas que não perde de vista que somos humanos
e que podemo-nos equivocar.

Gosto de gente que pensa que o trabalho em equipe entre amigos
produz às vezes mais que os caóticos esforços individuais.
Gosto de gente que sabe da importância da alegria.
Gosto de gente sincera e franca,
capaz de opor-se com argumentos serenos e racionais às decisões de seus superiores.

Gosto de gente de critério,
que não sente vergonha de reconhecer
que não conhece algo ou que se enganou.
Gosto de gente que ao aceitar seus erros,
se esforça genuinamente por não voltar a cometê-los.

Gosto de gente capaz de criticar-me construtivamente e sem rodeios:
a essas pessoas as chamo de meus amigos.
Gosto de gente fiel, persistente e que não descansa quando se trata de alcançar objetivos e ideais.
Gosto de gente que trabalha para lograr bons resultados.
Com gente como essa, me comprometo a tudo,
já que por ter esta gente ao meu lado me dou por satisfeito."


Mário Benedetti

Faço minhas as palavras deste autor, sem tirar nem pôr. E ainda acrescento…

Gosto de gente que é honesta,
 Gosto de gente confiável,
com quem eu possa contar
e guarde meus segredos só para si.
Gosto de gente bonita,
não a beleza estética,
mas aquela que irradia beleza de dentro para fora,
que faz o sorriso brilhar e o olhar reconforta quem está perto.
Gosto de gente de verdade, transparente,
que não se esconde atrás de máscaras sociais,
que é o que é.
Gosto de gente sem hipocrisia.
Gosto de gente segura de si.
Gosto de gente de personalidade forte,
que tem coragem para enfrentar o mundo,
mas que sabe reconhecer seus erros e “dar o braço a torcer”.
Afinal, humildade é a chave que abre todas as portas.
Gosto de gente simples,
que não deixa o poder “subir à cabeça”;
gente que sabe respeitar os seus iguais e principalmente os seus subordinados.
Gosto de gente realmente companheira, amiga.
Gosto de gente que ama, que ri, que chora,
que é feliz na vida, mas que tem seus dias de mau humor,
gente que sofre, mas não se sente vítima da dor.
Enfim, gosto basicamente de gente como a gente,
que apesar dos pesares acredita que viver vale muito a pena.


Silvia

Bom domingo!!!

sábado, 27 de abril de 2013

Amizade não se explica!!!

Achei esta BD o máximo e não resisti a partilhar...Mais que uma BD, uma lição...


 
 
 
 

Caminhos e objectivos...

No outro dia ouvi uma historinha, que não sei quem escreveu, procurei na internet e não encontrei. Vou contar como me lembro, por favor se alguém conhecer e puder dar-me informações, agradecia muito.
 
“Era uma vez uma menina que queria tocar numa estrela e tentou de várias maneiras, uma dia um anjo resolveu ajudá-la. O caminho exigia passar por montanhas muito altas, rios muito longos, por desertos, florestas e enfim por lugares diferentes; às vezes belos, às vezes feios, por vezes tranquilos e outros perigosos. Enfim, uma aventura. Até que chegaram à estrela e ela tocou-a, sentiu a sua textura, viu o seu brilho tão de perto e se encantou. Chegou a hora de ir embora e ela disse ao anjo “é só isto?” Ele respondeu que sim. Ela não gostou e achou que era pouco. O anjo disse-lhe: “se o que importa era só a estrela é pouco mesmo, mas e o caminho até aqui, o que significou?”
 
Às vezes queremos tanto, tanto algo que esquecemos de olhar o caminho que estamos a fazer para alcançá-lo. Até este objectivo ser alcançado tantas coisas acontecem, tantas experiências: são pessoas que entram e saem de nossas vidas, oportunidades que vem e vão, alegrias e tristezas, ganhos e perdas e assim por diante. Durante todo esse tempo, a vida continua. Mas, se  focamos só o objectivo, esquecemos de viver.
E em geral, para cada objectivo conquistado um novo em seguida é formulado. Quer entrar para a universidade – entrou – agora quer terminá-la. Quer um emprego bom – conquistou – agora quer crescer dentro dele. Quer casar – casou – agora quer filhos. Quer uma viagem – foi – depois quer a próxima. E assim vai…. Não somos assim?  Creio que sim e não há nada de errado nisso, afinal ter desejos é estar vivo. Mas lembre-se de olhar o caminho e gozar a vida um pouco….
 
"Quando adquirimos experiência suficiente e aprendemos a forma ideal de gozar a vida normalmente já é tarde, estamos ficando velho."
 
"Não existe coisa melhor no mundo do que viver, curtir e gozar a vida, que passa rápido e daqui não levaremos nada, a não ser toda a experiência e as amizades."
 
Bom fim de semana!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Google+ Followers

Leitores do Blogue

O seu a seu dono!!!

As fotos aqui contidas são retiradas da internet e algumas são trabalhadas por mim.

Se é dono de alguma imagem, por favor, mande-me um e-mail (aparece nos dados do meu perfil) para que eu possa colocar as devidas referências ou excluí-las se for a solicitação.

Não há qualquer motivação aqui de ganho, por isto os direitos de autor serão respeitados.